Home

Campanha no ano 1951

Campeonato Paulista - 2ª Divisão

e Amistosos

HISTÓRIA
O TIME
LINKS
CADASTRE-SE
O AUTOR
CAMPEONATOS
BAZZANI
OPINIÃO
CANTINHO DO BÉLIER

paulista - segunda divisão: 12v - 3e - 6d

amistosos: 3v - 1e - 2d


COMPETIÇÃO

DATA

 

RESULTADO/ADVERSÁRIO

LOCAL

-

sex

16/mar

-

Filiação da AFE

Federação Paulista de Futebol

Treino - Amador

qua

4/abr

-

Primeiro Treino dos Amadores

EM Siqueira Campos - Araraquara 

1º jogo do amador

dom

8/abr

D

1x3 PAULISTA FC (Araraquara)

EM Siqueira Campos - Araraquara 

Amistoso

dom

13/mai

V

3x1 EC MOGIANA (Campinas)

EM Siqueira Campos - Araraquara

Amistoso

dom

20/mai

D

1x2 CA LINENSE

Eucaliptos - Lins

Amistoso

sex

25/mai

V

?x? CA TAQUARITINGA

Taquaritinga

Amistoso

seg

28/mai

E

2x2 NACIONAL AC

EM Siqueira Campos - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

3/jun

E

0x0 UCHOA FC

EM Lenildo José Mironi - Uchôa

Amistoso

dom

10/jun

D

0x5 VASCO DA GAMA-RJ

Fonte Luminosa - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

17/jun

D

0x3 EC XV de NOVEMBRO (Jaú)

Arthur Simões - Jaú

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

24/jun

V

2x0 A MONTE AZUL

EM Siqueira Campos - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

1/jul

D

0x4 PAULISTA FC (Araraquara)

EM Siqueira Campos - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

8/jul

V

4x2 AA PALMEIRAS (Jaú)

EM Siqueira Campos - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

15/jul

E

2x2 MIRASSOL FC

Giocondo Zancaner - Mirassol

Amistoso

qui 19/jul ? ?x? TIME AMADOR DA LRF

São José do Rio Preto

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

22/jul

V

4x2 OLÍMPIA FC

EM Siqueira Campos - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

29/jul

D

0x2 AA INTERNACIONAL (Bebedouro)

Arnoldo Bulle - Bebedouro

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

5/ago

V

2x1 BARRETOS FC

Fonte Luminosa - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

?

D

0x1 SÃO PAULO FC (Araraquara)

Fonte Luminosa - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

2/set

V

3x2 ATLÉTICO MONTE AZUL

AMA - Monte Azul Paulista

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

9/set

V

4x2 UCHOA FC

Fonte Luminosa - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

23/set

V

1x0 AA INTERNACIONAL (Bebedouro)

Fonte Luminosa - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

30/set

E

2x2 SÃO PAULO FC (Araraquara)

EM Siqueira Campos - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

21/out

V

2x0 EC XV de NOVEMBRO (Jaú)

Fonte Luminosa - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

4/nov

D

0x1 BARRETOS FC

Fortaleza - Barretos

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

11/nov

V

2x1 PAULISTA FC (Araraquara)

Fonte Luminosa - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

18/nov

V

4x0 MIRASSOL FC

Fonte Luminosa - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

25/nov

V

3x1 AA PALMEIRAS (Jaú)

Colégio dos Padres - Jaú

Paulista - 2ª Divisão/1951

sáb

1/dez

V

4x2 OLÍMPIA FC

Fonte Luminosa - Araraquara

Paulista - 2ª Divisão/1951

dom

9/dez

D

0x3 AA INTERNACIONAL (Bebedouro)

Luiz Pereira - Ribeirão Preto

Amistoso

dom

16/dez

?

?x? OLÍMPIA FC

Olímpia

Amistoso

dom

23/dez

V

6x2 AA ORLÂNDIA

Fonte Luminosa - Araraquara


Presidentes: Antonio Tavares Pereira Lima 


8/abr - Domingo - Araraquara.

3x1

PRIMEIRA PARTIDA DO AMADOR

 Na preliminar da partida de profissionais entre o de Paulista FC de Araraquara e o Atlético Monte Azul, o amador da AFE debutou contra os amadores do Paulista.

Paulista FC 3x1 A Ferroviária de E

Amistoso entre equipes amadoras

Data: domingo, 8 de Abril de 1951

Local: EM Siqueira Campos, Araraquara.
Gol: Monte II (AFE).
A Ferroviária de E: Zé Carlos: Binho e Fincatti (Bijou); Gastão (Tamoio), Barquete e Miguel; Abacaxi, Ministro, Caxambu, Rim e Monte II. Treinador: Zezinho


Na sala de Reminiscências Esportivas, de Paschoal Gonçalves da Rocha, existe um cartaz da partida de 13 de maio de 1951, que foi distribuído pela cidade à época do jogo. Bastante conservado e plastificado é mais uma das incontáveis peças em exposição sobre a história da Ferroviária de Araraquara. Um incrível museu construído pelo incansável Paschoal, em sua própria residência. Para "alegria" de sua família, a sala irá para um espaço próprio na nova ARENA FONTE LUMINOSA. Uma homenagem justa ao Paschoal e a todos os torcedores da Ferroviária.


20/mai - Domingo - Lins

2x1

Primeiro jogo do profissional fora de casa

CA Linense 2x1 A Ferroviária de E

Amistoso

Data: domingo, 20 de maio de 1951.

Local: Estádio Municipal dos Eucaliptos (²), Lins

Renda: Cr$15.000

Árbitro: André Garcia

Gols: Fordinho (AFE), Zezinho (CAL) e Américo (CAL)

CA Linense: Petrônio; Tremembé e Noca; Frangão, Goiano e Arthur; Alemão (Américo), Zezinho, Cláudio, Romeuzinho. Treinador: Grambell

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Aléssio; Pierri, Basso e Pimentel; Ministro, Rebolo (Guardinha), Fordinho, Gonçalves e Tonhé (Baltazar). Treinador: Zezinho.

(²)- Primeiro Estádio em que a AFE jogou fora de Araraquara.

13/mai - Domingo - Araraquara.

3x1

PRIMEIRA PARTIDA DO PROFISSIONAL

Foto extraída do site oficial da Ferroviária SA

Todos os detalhes dessa partida estão contados de maneira emocionante no livro Fonte Luminosa, do Luís Marcelo Inaco Cirino, Editora Pontes. Entre várias passagens da história grená, essa é uma leitura obrigatória e envolvente.

A Ferroviária de E 3x1 EC Mogiana (Campinas)

Amistoso

Data: domingo, 13 de Maio de 1951

Local: EM Siqueira Campos - Araraquara.

Renda: Cr$12.300,00

Árbitro: Luiz Botini.

Gols: Fordinho (AFE)(*), Basso (AFE), Aléssio (AFE) (contra) e Baltazar (AFE).

A Ferroviária de E: Tino; Sarvas e Aléssio (Pádua); Julião, Basso e Pimentel; Ministro (Fordinho), Milton Viana, Fordinho (Baltazar), Gonçalves e Tonhé. Treinador: Zezinho.

EC Mogiana: Herlan; Retião e Tião; Servílio, Miguel e Carrapato; Marçal (Funin), Tito, Elésio (Crive), Roque e Armandinho.

OBS: (*) Primeiro gol afeano na história


25/mai - Sexta-feira - Taquaritinga

x

Amistoso com vitória da AFE, mas não temos detalhes


28/mai - Segunda-feira - Araraquara

2x2

Primeiro confronto AFEAno com times da Capital

A Ferroviária de E 2x2 Nacional AC 

Amistoso

Data: segunda-feira, 28 de maio de 1951.

Local: EM Siqueira Campos - Araraquara.

Renda: Cr$18.000,00 (estimativa)

Árbitro: Telêmaco Pompeu.

Gols: Basso (AFE), Wallace (NAC) e Paulo (NAC) no primeiro tempo; Gonçalves (AFE) na etapa complementar.

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Aléssio; Pierri, Basso e Pimentel (Rudge); Rebolo (Ministro), Milton Viana, Fordinho, Gonçalves e Tonhé (Baltazar). Treinador: Zezinho.

Nacional AC: Furlan; Nino e Pavão; Wallace, Rivetti e Damasceno; Dalton, Paulo, Charuto, Campos (Paulinho) e Oliveira.

Primeiro Campeonato Oficial disputado pela AFE

 

O Campeonato Paulista da Segunda Divisão de Profissionais de 1951 foi disputado por 48 clubes, divididos em 4 chaves, jogando entre si na primeira fase. 

As chaves foram chamadas de Zonas Leste, Oeste, Central e Sul.

A AFE fez sua estréia numa competição oficial, fazendo parte da Zona Central com mais dois outros clubes da cidade, o Paulista e o São Paulo, além de XV de Jaú (que foi o Campeão), Internacional de Bebedouro, Uchoa, Olímpia, Mirassol, Atlético Monte Azul, Barretos FC e Palmeiras de Jaú. 

As duas melhores equipes de cada zona se classificavam para a segunda fase. 

Houve necessidade de jogo desempate com a Inter de Bebedouro, em campo neutro, na cidade de Ribeirão Preto, onde a equipe adversária venceu por 3x0, conseguindo a classificação.


3/jun -  Domingo - Uchoa

0x0

Primeira partida oficial pelo Paulista da 2ª Divisão (fora de casa)

Uchoa FC 0x0 A Ferroviária de E

2ª Divisão/1951 - 1º Turno - 1ª Rodada
Data: domingo, 3 de junho de 1951.

Local: Estádio Municipal Lenildo José Mironi, Uchoa.

Renda: Cr$6.000,00

Árbitro: Luiz Botini

Uchoa FC: Andreu; Ditinho e Renê; Vaguera, Odilon e Nonô; Choverá, Ataíde, Natalino, Alcides e Panadeiro.

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Aléssio; Rudge, Basso e Pimentel; Rebolo, Milton Viana, Fordinho, Gonçalves e Tonhé. Treinador: Zezinho


17/jun - Domingo - Jaú

3x0

Derrota para o temido XV de Guanxuma

Segunda partida fora de casa e para o time que conquistaria o acesso em 1951.

EC XV de Novembro (Jaú) 3x0 A Ferroviária de E

2ª Divisão/1951 - 1º Turno - 3ª Rodada
Data: domingo, 17 de junho de 1951.

Local: Estádio Arthur Simões, Jaú.

Renda: Cr$ 15.000,00.

Árbitro: Antonio Colombo

Gols: Américo(2) e Guanxuma.

XV de Jaú: Inocêncio; Serra e Grita; Servílio, Pádua e Clóvis; Guanxuma, Pinga, Américo, Cardeal e Itamar. Treinador: Armando Renganeschi.

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Aléssio; Rudge, Basso e Rudge; Baltazar, Milton Viana, Fordinho, Gonçalves e Tonhé. Treinador: Zezinho

10/jun - Domingo - Araraquara

0x5

Primeira partida no Estádio da Fonte (Majestoso)

Foi o grande acontecimento futebolístico da época. O time base da Seleção de 1950, vice-campeã do mundo foi o escolhido para inaugurar o Estádio particular da Ferroviária. Veio gente de toda a região para ver o passeio do onze cruzmaltino.

Nada importava. Tudo era festa! (Veja tudo no livro Fonte Luminosa)

Estádio inaugurado e exibição de gala do melhor time brasileiro de então.

arquivo Bélier

A Ferroviária de E 0x5 CR Vasco da Gama - RJ

Amistoso

Data: domingo, 10 de junho de 1951.

Local: Estádio Majestoso da Fonte Luminosa, Araraquara.

Renda: cerca de Cr$300.000

Árbitro: Alberto da Gama Malcher. 

Auxiliares: Ernani Volpi e Rolando Volpi (LAF).

Gols: Friaça (falta), Friaça, Tesourinha e Friaça (2) na primeira etapa.

A Ferroviária de E: Sandro (Tino); Sarvas (Espanador) e Aléssio; Pierri, Basso e Pimentel (Rudge); Guardinha (Tonhé), Fordinho (Milton Viana), Marinho, Gonçalves e Baltazar. Treinador: Zezinho.

Vasco da Gama-RJ: Barbosa, Augusto (Laerte) e Clarel; Ipojucan (Lola), Danilo e Alfredo; Tesourinha, Ademir (Amorim), Friaça, Maneca (Ipojucan), e Djair (Chico). Treinador: Otto Glória.


24/jun - Domingo - Araraquara

2x0

Primeira partida em Araraquara pelo Campeonato Paulista

Foi a primeira vitória do time grená em jogos oficiais, e em Araraquara.

A Ferroviária de E 2x0 A Monte Azul

2ª Divisão/1951 - 1º Turno - 4ª Rodada
Data: domingo, 24 de junho de 1951.

Local: EM Siqueira Campos, Araraquara.

Renda: Cr$5.000

Árbitro: Teófilo Osses

Gols: Rebolo e Fescina, no primeiro tempo.

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Aléssio; Espanador, Pierri e Rudge; Rebolo, Guardinha, Fescina, Basso e Tonhé. Treinador: Zezinho

A Monte Azul: Pianowski; Caximbo e Loca; Waldemar, Osvaldo e Alberto; Malpique, Carvalho, Zé Oscar, Schiafino e Darcílio.

1/jul - Domingo - Araraquara

4x0

Primeiro Majestoso entre "guaçus" e grenás

O confronto entre os times do Paulista FC de Araraquara e a Ferroviária recebeu o título de "Majestoso", assim como o Estádio da Fonte era chamado.

Paulista FC (Araraquara) 4x0 A Ferroviária de E

2ª Divisão/1951 - 1º Turno - 5ª Rodada
Data: domingo, 1º de julho de 1951.

Local: EM Siqueira Campos, Araraquara.

Renda: n/d

Árbitro: Valter Pereira Diniz.

Gols: Elvo(3) e Souza.

Paulista FC: Madalena; Montinho e Cascão; Tiana, Humaitá e Rafael; Souza, Zeferino, Elvo, Lexe e Milton.

A Ferroviária de E: Tino; Sarvas e Espanador; Pimentel, Pierri e Rudge; Rebolo, Guardinha, Fescina, Basso e Tonhé. Treinador: Zezinho


8/jul - Domingo - Araraquara

4x2

Vitória difícil após a goleada sofrida frente ao Paulista

Primeiro tempo tempo terminou em 2x2. Vitória veio na segunda etapa.

A Ferroviária de E 4x2 AA Palmeiras de Jaú

2ª Divisão/1951 - 1º Turno - 6ª Rodada

Data: domingo, 8 de julho de 1951.

Local: EM Siqueira Campos, em Araraquara.

Renda: Cr$5.000 (aprox.)

Árbitro: João Aggio.

Gols: Tonhé (AFE)(2), Fescina (AFE) e Ismael (AAP)(contra) e Neio (AAP)(2).

A Ferroviária de E: Tino; Sarvas e Espanador; Pierri, Basso e Rudge; Baltazar, Fordinho, Fescina, Gonçalves e Tonhé. Treinador: Zezinho

AA Palmeiras: Baraf; Paulo e Alcides; Ismael, Sérgio e Madela; Fernando, Pedrinho, Neio, Mandorra e Bussabi.


19/jul - Quinta-feira - S. J. do Rio Preto

x

AMISTOSO NO ANIVERSÁRIO DA CIDADE

AFE foi convidada por uma equipe pertencente à Liga de Futebol Amador da cidade de Rio Preto. Não há maiores detalhes do amistoso disputado.


29/jul - Domingo - Bebedouro

2x0

FERROVIÁRIA VENDEU CARO A DERROTA

Time da Internacional tinha bom retrospecto mas só com a contusão do half-esquerdo Rudge, aos 23 minutos do segundo tempo, achou o caminho da vitória contra os grenás. 

AA Internacional (Bebedouro) 2x0 A Ferroviária de E

2ª Divisão/1951 - 1º Turno - 9ª Rodada

Data: domingo, 29 de julho de 1951.

Local: Estádio Arnoldo Bulle, Bebedouro.

Renda: Cr$4.000 (aprox.)

Árbitro: Amaral Sobrinho.

Gols: Miranda e Djalma no segundo tempo.

AA Internacional: Toninho; Ary e Laury; Benjamim, Tanga e Campineiro; Braguinha, Waldemar, Miranda, Djalma e Dú.

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Espanador; Pierri, Basso e Rudge; Fescina Ministro, Dirceu, Tonhé e Baltazar. Treinador: Zezinho.


Até aqui tinham sido disputadas dez rodadas do Paulista da Segunda Divisão de 1951, e a Ferroviária havia feito nove partidas, com 4 vitórias, 3 derrotas e 2 empates. Só havia disputado uma partida no seu estádio, justamente essa última contra o Barretos, embora tivesse jogado cinco partidas em Araraquara, quatro no Municipal, sendo uma delas como visitante, contra o Paulista (Majestoso).

A campanha era razoável para um iniciante, pois ocupava o quinto lugar com 8 pontos perdidos e 10 pontos ganhos. Seus adversários da cidade, Paulista e São Paulo FC estavam à frente, ocupando o segundo e quarto lugares respectivamente. A AFE ainda enfrentaria o São Paulo na Fonte e perderia o segundo Derby da cidade, batizado como  "Choque-Rei".

Campanha espetacular era feita pelo XV de Jaú. Em sete partidas, venceu as seis primeiras arrasando seus oponentes, marcando 26 gols e não sofrendo nenhum. Nessa rodada parou São Paulo de Araraquara, no Municipal, em sensacional empate de 2x2, perdendo seu primeiro ponto na competição e sofrendo seus primeiros dois gols. 

15/jul - Domingo - Mirassol

2x2

Grande partida grená que só não venceu graças ao árbitro

Com a estréia de Dirceu no ataque, Fescina foi deslocado para a ponta-direita e foi dele o primeiro gol. O empate do time da casa, aos 43 do segundo tempo, teria sido irregular.

Mirassol FC 2x2 A Ferroviária de E

2ª Divisão/1951 - 1º Turno - 7ª Rodada

Data: domingo, 15 de junho de 1951.

Local: Estádio Giocondo Zancaner, em Mirassol.

Renda: n/d

Árbitro: José Cortezia.

Gols: Fescina (AFE), Ministro (AFE) e Nego(2) (MFC)

Mirassol FC: Tião; Celso e Bilinho; Arnóbio, Orlando e Otacílio; Tabapuan, Tonelo, Nego, Ernani e Neno.

A Ferroviária de E: Tino; Sarvas e Espanador; Pierri, Basso e Rudge; Baltazar, Fescina, Ministro, Dirceu, Tonhé e Baltazar. Treinador: Zezinho


22/jul - Domingo - Araraquara

4x2

BOA VITÓRIA EM CASA OUTRA VEZ

E novamente o placar clássico de 4x2 não deixou dúvidas que o time grená foi melhor. Aos poucos a equipe comandada por Zezinho via se firmando.

A Ferroviária de E 4x2 Olímpia

2ª Divisão/1951 - 1º Turno - 8ª Rodada

Data: domingo, 27 de julho de 1951.

Local: EM Siqueira Campos, em Araraquara.

Renda: Cr$4.000 (aprox.)

Árbitro: Paulo Toledo de Sá.

Gols: Ministro(2)(AFE), Dirceu (AFE), Baltazar (AFE), Hélio (OFC) e Brejinho (OFC).

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Espanador; Pierri, Basso e Rudge; Fescina, Ministro, Dirceu, Tonhé e Baltazar. Treinador: Zezinho

Olímpia FC: Mascote; Bianco e Saltore; Bem, Nego e Jorge; Lopes, Wilson, Hélio, Brejinho e Totó.


5/ago - Domingo - Araraquara

2x1

PRIMEIRO JOGO DE CAMPEONATO NA FONTE LUMINOSA

Depois da inauguração com a presença do Vasco da Gama, a Ferroviária volta a utilizar o seu estádio, na primeira partida válida por uma competição oficial. O que seria também sua primeira vitória no Colosso da Fonte Luminosa. 

Seu adversário, o Barretos FC que, ocupando a última colocação proporcionou certa frustração na torcida, que esperava uma vitória um tanto quanto folgada.

De qualquer maneira o jogo entrou para a história como aquele em que recebeu o primeiro gol afeano no estádio grená. O primeiro dos dois gols de Dirceu.

A Ferroviária de E 2x1 Barretos FC

2ª Divisão/1951 - 1º Turno - 10ª Rodada

Data: domingo, 5 de agosto de 1951.

Local: Estádio da Fonte Luminosa, Araraquara.

Renda: n/d

Árbitro: Amaral Sobrinho.

Gols: Dirceu (2) (AFE) e Pereira (BFC).

A Ferroviária de E: Tino; Sarvas e Espanador; Pierri, Basso e Pimentel; Fescina Ministro, Dirceu, Tonhé e Baltazar. Treinador: Zezinho

Barretos FC: Nelson; Zé Neguinho e Velhinho; Pereira, Zé Preto e Japão; Tim, Aldo, Melhinho, Minho e Zezé.


19 ou 26/ago - Domingo - Araraquara

0x1

DERROTA EM NOVO DERBY, AGORA EM SEUS DOMÍNIOS

Após sua primeira vitória na Fonte a Ferroviária recebe pela primeira vez em casa um rival da cidade, na disputa do Derby citadino batizado de "Choque-Rei". Como no "Majestoso", frente ao Paulista FC, os grenás sofreram nova derrota, agora para o São Paulo FC.

A Ferroviária de E 0x1 São Paulo FC ( Araraquara)

2ª Divisão/1951 - 1º Turno - 12ª ou 13ª Rodada

Data: domingo, 19 ou 26 de agosto de 1951.

Local: Estádio da Fonte Luminosa, em Araraquara

Renda: n/d

Árbitro: n/d

Gol: n/d

Equipes: n/d

OBS: A falta de informações dessa partida nos remete à dúvida em relação à data exata de sua realização. O primeiro turno teve 13 rodadas, devido ao número ímpar de participantes nos Grupos (Zonas). Eram 11 nas Zonas Leste, Sul e Central, e 13 na Zona Oeste. Este foi o último jogo da AFE no turno, e as últimas rodadas da Zona Central foram disputadas em 19 e 26 de agosto de 1951.

2/set - Domingo - Monte Azul Paulista

2x3

SEGUNDO TURNO COMEÇA COM VITÓRIA E CONFUSÃO

Jogo tumultuado em Monte Azul Paulista na abertura do returno. Muita reclamação com a arbitragem, que proporcionou duas expulsões para cada lado. Porém como um dos expulsos da Ferroviária foi o goleiro Sandro, o atacante Fescina acabou indo para o gol e mesmo assim a vitória foi garantida. Na rodada, o XV de Jaú goleou impiedosamente o Mirassol por 10x0 em Jaú.

A Monte Azul 2x3 A Ferroviária de E

2ª Divisão/1951 - 2º Turno - 1ª Rodada

Data: domingo, 2 de setembro de 1951.

Local: Estádio do Atlético, Monte Azul Paulista.

Renda: n/d

Árbitro: Gilberto Profetti

Expulsões: Darcílio e Nadinho (AMA); Sandro e Gonçalves (AFE).

Gols: Espanador, Gonçalves e Dirceu (AFE); Zé Oscar e Carvalho (AMA).

Atlético Monte Azul: Pianowski; Caximbo e Loca; Waldemar, Osvaldo e Alberto; Darcílio, Carvalho, Zé Oscar, Nadinho e Joanim.

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Espanador; Rudge, Pierri e Pimentel; Ministro, Fescina, Dirceu, Gonçalves e Tonhé. Treinador: Zezinho.


9/set - Domingo - Araraquara

4x1

EM CASA NOVA VITÓRIA E COM AUTORIDADE

Uma grande apresentação do onze grená, proporcionou uma vitória indiscutível em campo afeano. Nosso primeiro e histórico adversário no Campeonato Paulista sentiu a evolução do time e levou de quatro.

A Ferroviária de E 4x1 Uchoa FC

2ª Divisão/1951 - 2º Turno - 2ª Rodada

Data: domingo, 9 de setembro de 1951.

Local: Estádio da Fonte Luminosa, Araraquara.

Renda: n/d

Árbitro: André Garcia.

Gols: Dirceu(2), Fescina e Ministro (AFE); Pintinho (UFC).

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Espanador; Rudge, Pierri e Porunga; Ministro, Fescina, Dirceu, Gonçalves e Tonhé. Treinador: Zezinho.

Uchoa FC: Andreu; Vaguera e Ditinho; Niger, Odilon e Nonô; Pintinho, Panadero, Natalino, Choverá e Nunes.


30/set - domingo - Araraquara

2x2

MUITA EMOÇÃO E NENHUM VENCEDOR NO CHOQUE-REI

O segundo jogo entre Ferroviária e São Paulo FC de Araraquara teve de tudo, menos vencedor no Estádio Municipal Siqueira Campos. Muita luta, muito futebol, dois gols para cada lado e reclamação da gente grená contra um gol supostamente mal anulado pelo árbitro. Fescina estaria em posição de impedimento, atrapalhando assim o gol da vitória, feito por Ministro, no final da partida, aos 38 minutos do segundo tempo. 

O Tricolor-Mirim mantém-se invicto contra a AFE até então.

São Paulo FC (Araraquara) 2x2 A Ferroviária de E

2ª Divisão/1951 - 2º Turno - 5ª Rodada

Data: domingo, 30 de setembro de 1951.

Local: EM Siqueira Campos, Araraquara.

Renda: n/d

Árbitro: Rafael Pierroni.

Gols: Dirceu (AFE) (2), Lula (SPFC) e Vicente (SPFC).

São Paulo FC: Paulo Brandão; Chumbo e Adolfo; Bruninho, Braga e Linho; Lula, Vicente, Bambuí, Radamés e Vilalba. Treinador: Capilé.

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Espanador; Rudge, Pierri e Pimentel; Fescina, Ministro, Dirceu, Gonçalves e Tonhé. Treinador: Zezinho


4/nov - Domingo - Barretos

1x0

DERROTA INESPERADA PARA O ÚLTIMO COLOCADO

A Ferroviária foi do Céu ao Inferno na competição em apenas duas semanas. Após bater o "invencível" líder XV de Jaú, acabando com uma série invicta de 14 jogos, dois domingos depois perde para o lanterna.

Tá certo que na rodada anterior, onde a AFE folgou, o Barretos FC conseguira a proeza de parar o Galo da Comarca em seus domínios, num também inesperado empate por 0x0. A AFE foi melhor, mas a determinação do Alvinegro foi maior para conseguir a vitória.

Barretos FC 1x0 A Ferroviária de E

2ª Divisão/1951 - 2º Turno - 9ª Rodada

Data: domingo, 4 de novembro de 1951.

Local: Estádio Fortaleza, Barretos.

Renda: n/d

Árbitro: Antonio Assunção Pereira

Gol: Alcides no segundo tempo.

Barretos FC: Nelson; Zé Neguinho e Velhinho; Pereira, Alemão e Aldo; Nelinho, Adair, Alcides, Ninho e Zezé.

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Espanador; Rudge, Basso e Pierri; Fescina, Ministro, Dirceu, Gonçalves e Tonhé. Treinador: Zezinho.


AFEnet - Força Grená na Internet desde Maio de 2000

  23/set - domingo - Araraquara

1x0

TERCEIRA VITÓRIA SEGUIDA E SUBINDO NA CLASSIFICAÇÃO

Contra um fortíssimo adversário, AFE consegue uma grande vitória que a faz subir ainda mais na classificação. Somou seis pontos preciosos nos últimos três jogos, e ainda viu o São Paulo cair em Jaú, por 3x0 frente ao Galo da Comarca. Inter, São Paulo e Ferroviária disputam a segunda colocação, atrás do líder absoluto XV de Jaú. Apenas dois pontos separam os protagonistas do "Choque-Rei" da próxima rodada.

A Ferroviária de E 1x0 AA Internacional (Bebedouro)

2ª Divisão/1951 - 2º Turno - 4ª Rodada

Data: domingo, 23 de setembro de 1951.

Local: Estádio da Fonte Luminosa, Araraquara.

Renda: Cr$5.000

Árbitro: Walter Pereira Diniz.

Gol: Tonhé no segundo tempo.

A Ferroviária de E: Tino; Sarvas e Espanador; Rudge, Pierri e Pimentel; Fescina, Ministro, Dirceu, Gonçalves e Tonhé. Treinador: Zezinho.

AA Internacional: Toninho; Ary e Laury; Xorete, Tanga e Benjamim; Braguinha, Waldemar, Dozinho, Djalma e Dú.


21/out - Domingo - Araraquara

2x0

CAIU FINALMENTE O XV*

Essa foi a manchete do jornal "O Imparcial", da terça-feira seguinte, 23 de outubro, e mostra o feito excepcional do time grená, que encheu de alegria a gente de Araraquara. Afinal o Galo da Comarca vinha de 14 partidas invicto, apenas um empate, e com 7 vitórias seguidas, a última arrasando o seu rival Palmeiras jauense por 6x2 na rodada anterior. 

Com outras impiedosas goleadas de 10x0, no Mirassol, e 7x0 na própria AA Palmeiras de Jaú, o esquadrão quinzista parecia ser imbatível, mas a AFE, em incrível ascensão no Campeonato, venceu com autoridade o líder da Zona Central.

A Ferroviária de E 2x0 EC XV de Novembro (Jaú)

2ª Divisão/1951 - 2º Turno - 7ª Rodada

Data: domingo, 21 de outubro de 1951.

Local: Estádio Municipal, Araraquara.

Renda: Cr$50.000

Árbitro: Luiz Bottini.

Expulsão: Gengo (XV) aos 35min do segundo tempo.

Gols: Gonçalves e Dirceu.

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Espanador; Rudge, Basso e Pierri; Ministro, Fescina, Dirceu, Gonçalves e Tonhé. Treinador: Zezinho.

EC XV de Jaú: Lourenço; Rui e Grita; Servílio, Gengo e Clóvis; Guanxuma, Duvílio, Américo, Pinga e Itamar.

* Tirado da compilação do Jornalista AJM, o eterno Moreira d'O Imparcial.


11/nov - Domingo - Araraquara

2x1

RECUPERAÇÃO E REVANCHE VEIO NO "MAJESTOSO"

Os dois clubes lutavam pela segunda vaga para a outra fase, e uma derrota seria fatal. Para os grenás, o sabor foi duplo. A manutenção da esperança de classificação e o troco do primeiro turno, quando os guaçus venceram por 4x0. O "Majestoso" fica então com uma vitória para cada lado. Internacional vence o XV de Jaú em Bebedouro por 4x2 e aquece ainda mais a luta pelo segundo posto.

A Ferroviária de E 2x1 Paulista FC

2ª Divisão/1951 - 2º Turno - 10ª Rodada

Data: domingo, 11 de novembro de 1951.

Local: Estádio da Fonte Luminosa, Araraquara.

Renda: Cr$15.000

Árbitro: Licínio Perseguiti.

Gols: Dirceu (AFE)(2) e Elvo (PFC).

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Espanador; Rudge, Basso e Pierri; Ministro, Fescina, Dirceu, Gonçalves e Tonhé. Treinador: Zezinho.

Paulista FC: Madalena; Laxixa e Cascão; Tiana, Humaitá e Montinho; Zeferino, Tidão, Elvo, Lexe e Souza.


18/nov - domingo - Araraquara

4x0

GOLEADA NO MIRASSOL EMBALA AINDA MAIS O TIME

Mirassol não criou nenhuma dificuldade para o time da AFE, que venceu com sobras e continua firme disputando o segundo lugar com a Inter de Bebedouro. XV de Jaú segue apenas esperando o início da próxima fase.

A Ferroviária de E 4x0 Mirassol FC

2ª Divisão/1951 - 2º Turno - 11ª Rodada

Data: domingo, 18 de novembro de 1951.

Local: Estádio da Fonte Luminosa, Araraquara.

Renda: Cr$2.000

Árbitro: Nestor Castanheira.

Gols: Ministro(2), Antonio Carlos e Tonhé.

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Espanador; Rudge, Basso e Pierri; Antonio Carlos, Ministro, Dirceu, Gonçalves e Tonhé. Treinador: Zezinho.

Mirassol FC: Tião; Pedro e Vilim; Arnóbio, Orlando e Otacílio; Rubens, Neno, Tabapuã, Ernani e Dominguinho.

25/nov - Domingo - Jaú

1x3

PASSO IMPORTANTE PARA A CLASSIFICAÇÃO

O jogo foi em Jaú, e a vitória deixa para a última rodada a definição do segundo classificado na Zona Central. AFE joga outra vez fora de casa, em Olímpia, que não pleiteia mais nada. Palmeiras de Jaú vai para a lanterna.

AA Palmeiras (Jaú) 1x3 A Ferroviária de E

2ª Divisão/1951 - 2º Turno - 12ª Rodada

Data: domingo, 25 de novembro de 1951.

Local: Estádio do Colégio dos Padres, Jaú.

Renda: Cr$2.000

Árbitro: Jorge Miguel.

Gols: Brejão (AAP), Gonçalves, Dirceu e Tonhé (AFE).

AA Palmeiras: Alceu; Alcides e Paulo; Mandora, Madela e Sérgio; Brejão, Fernandinho, René, Bussabi e Manolo.

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Espanador; Rudge, Basso e Pierri; Tonhé, Ministro, Dirceu, Gonçalves e Antonio Carlos. Treinador: Zezinho.


1/dez - Sábado - Araraquara

4x2

EMPATE NO SEGUNDO LUGAR GERA JOGO EXTRA

A Ferroviária comprou o mando de jogo do Olímpia FC e jogou em Araraquara. Uma prática existente na época, e que beneficiava os clubes ricos, como a AFE, que vivia áureos tempos na questão financeira. Terminadas empatadas em pontos na segunda colocação, Inter de Bebedouro e Ferroviária fazem jogo desempate para definir quem segue na Segunda Fase do Paulista da Segunda Divisão em 1951.

A Ferroviária de E 4x2 Olímpia FC

2ª Divisão/1951 - 2º Turno - Última Rodada

Data: sábado, 1º de dezembro de 1951.

Local: Estádio da Fonte Luminosa, Araraquara

Renda: n/d

Árbitro: Antonio Muzitano.

Gols: Dirceu (3) e Ministro (AFE); Bem e Breno (OFC).

A Ferroviária de E: n/d

Olímpia FC: n/d


Para uma primeira competição disputada, o resultado do time da Ferroviária foi excepcional. Um time que se ressentiu de torcida pois, excetuando-se a coletividade dos ferroviários, não havia torcedores ainda acostumados com ela. 

Já havia a presença de duas equipes profissionais disputando a Segundona: São Paulo FC e Paulista, que detinham as preferências dos torcedores da cidade mas sairiam de cena no ano seguinte, numa fusão que faria surgir a ADA, posteriormente o grande rival da AFE. 

Por incrível que pareça, ainda teríamos mais um clube "setorializado", o ECDER, dos funcionários do DER, que daria outra vez três clubes da cidade na Segunda Divisão de 1952. AFE e ADA disputariam a simpatia dos torcedores araraquarenses, pois o ECDER teve vida curtíssima. 

A torcida da Ferroviária cresceu ao longo dos anos. Ainda mais  depois de 1960, quando a ADA saiu de cena também, mas sempre houve uma pequena discriminação por parte da elite da cidade, com sua origem na Estrada de Ferro. Por isso, seus verdadeiros torcedores tem adoração pelas cores grenás e seu distintivo único.

Nas palavras de seu 1º Vice Presidente na época, que transcrevo da compilação do AJ Moreira de O Imparcial, o Dr. Francisco Eugenio de Campos Jr. disse: "Perdemos, mas não desanimaremos. Continuaremos no profissionalismo e esperamos melhor sorte para o ano que vem."

Estava assim mostrado o cartão de visitas da Associação Ferroviária de Esportes para o Futebol Paulista. 

9/dez - Domingo - Ribeirão Preto

3x0

FERROVIÁRIA TENTOU DE TUDO MAS PAROU NA INTER

Foi a "negra". E valendo classificação no jogo extra para determinar o segundo colocado que seguiria com o XV de Jaú para a outra fase. O time vermelhinho de Bebedouro havia ganho a primeira no Arnoldo Bulle, e a AFE vencido a segunda na Fonte. Dessa vez campo neutro, em Ribeirão Preto, e a AFE jogou com a camisa do Botafogo FC, tentando obter a adesão dos simpatizantes do Tricolor da Vila Tibério. 

O sistema de retaguarda não funcionou. Talvez justamente por ter jogado com uma camisa diferente da que atuou em todo o campeonato, os jogadores podem ter se confundido em posicionamentos, etc, mas isso é uma opinião particular minha. A Inter venceu de maneira indiscutível e passou para a fase seguinte.

AA Internacional (Bebedouro) 3x0 A Ferroviária de E

2ª Divisão/1951 - 2º Turno - Jogo Desempate

Data: domingo, 9 de dezembro de 1951.

Local: Estádio Luiz Pereira, Ribeirão Preto.

Renda: Cr$4.000 (aprox.)

Árbitro: Vicente Parizo.

Gols: Dozinho, Dú e Braguinha.

AA Internacional (Bebedouro): Toninho; Ary e Laury; Chorete, Tanga e Campineiro; Braguinha, Waldemar, Dozinho, Tico e Dú.

A Ferroviária de E: Sandro; Sarvas e Espanador; Rudge, Basso e Pierri; Ministro, Fescina, Dirceu,  Gonçalves e Tonhé. Treinador: Zezinho.


CLASSIFICAÇÃO FINAL DA PRIMEIRA FASE

 

Zona Central

PG

PP

1

EC XV de Novembro (Jaú)

34

  6

2

AA Internacional (Bebedouro)

27

13

3

A Ferroviária de Esportes

27

13

4

Paulista FC (Araraquara)

20

20

5

São Paulo FC (Araraquara)

20

20

6

Uchôa FC (Uchôa)

19

21

7

Olímpia FC (Olímpia)

19

21

8

Mirassol FC (Mirassol)

16

24

9

Atlético Monte Azul (Monte Azul Pta)

14

26

10

Barretos FC (Barretos)

12

28

11

AA Palmeiras (Jaú)

10

30


16/dez - Domingo - Olímpia

x

AMISTOSO PARA PAGAR O MANDO DE JOGO INVERTIDO

Uma semana após o termino de sua participação no Campeonato da Segunda Divisão, a Ferroviária joga amistosamente em Olímpia. Duas semanas antes ela deveria ter jogado lá, mas como precisava do resultado, comprou o mando de campo, jogando na Fonte Luminosa. Dessa maneira a renda total do amistoso foi para o clube mandante, como parte do pagamento.

Não temos detalhes da partida, nem de seu resultado.

Olímpia FC x A Ferroviária de E

Amistoso

Data: domingo, 16 de dezembro de 1951.

Local: Estádio Tereza Breda, Olímpia.

Renda: n/d.

Árbitro: n/d.

A Ferroviária de E: n/d

Olímpia FC: n/d

23/dez - Domingo - Araraquara

6x2

AMISTOSO PARA ENCERRAR UM ANO PROMISSOR

Ferroviária fecha o ano com muita expectativa para o ano seguinte.

A Ferroviária de E 6x2 AA Orlândia

Amistoso

Data: domingo, 23 de dezembro de 1951.

Local: Estádio da Fonte Luminosa, Araraquara.

Renda: n/d.

Árbitro: Ernani Volpi (LAF).

Gols: Fescina, Gonçalves, Ministro, Dirceu, Basso e Porunga (AFE); Sochico e Claudio (AAO).

A Ferroviária de E: Sandro (Julião); Porunga (Rudge) e Espanador; Pierri, Basso e Rudge (Pimentel); Fescina (Peixoto), Ministro (Porunga), Dirceu, Gonçalves e Tonhé.

AA Orlândia: Nêgo; Augusto e Ângelo; Cláudio, Bié e Laércio; Ladeira (Sochico), Silas, Sigolo, Sochico (Américo) e Ademir (Durval).


Resumo do ano de 1951

Total de Jogos

29

em  Araraquara

17

Jogos Fora

12

na Fonte Luminosa

10

Vitórias

15

Vitórias

12

Vitórias

3

Vitórias

8

Empates

4

Empates

2

Empates

2

Empates

0

Derrotas

8

Derrotas

3

Derrotas

5

Derrotas

2

Indefinido

2

Indefinido

2

Adversários

Jogos V E D n/d
AA INTERNACIONAL (Bebedouro) 3 1 0 2
OLÍMPIA FC 3 2 0 0 1
AA PALMEIRAS (Jaú) 2 2 0 0
ATLÉTICO MONTE AZUL 2 2 0 0
BARRETOS FC 2 1 0 1
EC XV de NOVEMBRO (Jaú) 2 1 0 1
MIRASSOL FC 2 1 1 0
PAULISTA FC (Araraquara) 2 1 0 1
SÃO PAULO FC (Araraquara) 2 0 1 1
UCHOA FC 2 1 1 0
AA ORLÂNDIA 1 1 0 0
CA LINENSE 1 0 0 1
CA TAQUARITINGA 1 1 0 0
CR VASCO DA GAMA-RJ 1 0 0 1
EC MOGIANA (Campinas) 1 1 0 0
NACIONAL AC 1 0 1 0
TIME AMADOR DA LRF 1 0 0 0 1

voltar para a página de campanhas